Sócrates, Manuela e os monstros.

13 Set

Sócrates e Ferreira Leite não têm a bonomia dos personagens deste pequeno filme, embora ambos alimentem e escondam atrás da porta, monstros bem menos fofinhos, igualmente incontroláveis e de um apetite que não se satisfaz com cenouras- os respectivos partidos, clientelas e interesses. Aquele que perder será devorado pelo seu monstro privado e substituído na chefia do respectivo partido.
A audiência média dos debates terá rondado um milhão de espectadores, o que parece indicar que a abstenção talvez seja, em grande medida, mais um reflexo da ausência de alternativas em que as pessoas se revejam do que do desinteresse dos portugueses pela coisa pública.
No debate a que assisti, independentemente de saber quem ganhou, e penso que ambos o ganharam para os respectivos eleitorados fixando-os, a opinião pública viu veiculadas pela jornalista Clara de Sousa perguntas incómodas que qualquer português fará a si próprio, não poupando os antagonistas sem nunca cair num registo menos correcto. Ficou, para mim, bastante claro que ambos têm no curriculum pesadas responsabilidades na actual situação e, pese embora o quase desprezo que nutrem um pelo outro, a sua visão da economia, da sociedade e sobretudo do estado, coloca-os como militantes do mesmo partido, o dos negócios, na condição de representantes temporários de duas facções, a rosa e a laranja. Novidades, só mesmo pela boca do primeiro-ministro quando despediu em directo todo o elenco do governo, provavelmente sem aviso prévio, com a frase “novo governo, novos ministros”.
Se fosse permitido tirar uma conclusão do debate, a minha viria em forma de pergunta. Alguém ficou a acreditar que algum deles tem soluções, credibilidade, e a visão e atitude de que o país precisa? Pior, este modelo em que ambos se revêem, não foi o responsável pela situação a que chegamos em Portugal e no mundo? É que se a notícia da morte do sistema financeiro foi um exagero, a da cura é uma ingenuidade.

Anúncios

Uma resposta to “Sócrates, Manuela e os monstros.”

  1. O Moscardo 14/09/2009 às 3:57 #

    LOL! Monstros fofinhos? LOL…
    Felizmente não tenho visão tão negra dos propósitos destes senhores (já dos partidos deles…)…
    Dentro de uns dias colocarei alguns posts no osocratico, sobre a natureza dos partidos e dos interesses…
    Abraços.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: