250 anos de Bach

1 Ago

Frederico II da Prússia, fez de Potsdam um local de harmonia e cultura. Encontrando-se um dia Bach, que contava já com 62 anos, nas imediações do palácio *, foi chamado à presença do rei. Frederico que, ao saber da presença de Bach, havia desistido do concerto de flauta que ia interpretar, convidou-o a experimentar os seus piano-fortes recém adquiridos a Silbermann.
Bach, desafiado a improvisar, pediu a Frederico um tema a partir do qual executasse uma fuga. Este forneceu-o e, impressionado com a forma como o seu tema havia sido desenvolvido, expressou o desejo de ouvir uma nova fuga, mas desta vez com seis vozes de obligato.
Após regressar a Leipzig, Bach compôs o tema em três e seis vozes, acrescentou passagens e editou-o sob o título “Oferenda Musical”, dedicando-lho.

Para que se tenha uma ideia do carácter extraordinário de uma fuga a 6 vozes, em todo o Cravo Bem Temperado, esta contém 48 prelúdios e fugas, 2 apenas têm 5 vozes e não existe outro exemplo de composição desta complexidades: a tarefa de improvisar uma fuga de 6 vozes pode ser comparada, provavelmente, à de jogar, com os olhos vendados, 60 partidas simultâneas de xadrez e vencê-las todas.

Fonte: “Godel, Escher, Bach – Laços Eternos” – Gradiva (um extraordinário livro sobre o paradoxo)

O excerto aqui apresentado diz respeito ao Concerto de Brandeburgo no. 5, allegro. A audição deste trecho, passados quase 300 anos, passa-nos a sensação de ter sido composto por alguém nosso contemporâneo.

(*) Actualmente em restauro, recomenda-se uma visita complementada pela dos jardins de Sanssouci. Fica apenas a 45 minutos de Berlim.

Anúncios

2 Respostas to “250 anos de Bach”

  1. Manuel 10/08/2009 às 19:04 #

    Falando dos 250 anos de Bach parece interessante ouvir este trabalho do Trio de Jacques Loussier de grande frescura e actualidade num disco chamado simplesmente “Play Bach” lançado em 1959, no Youtube um dos temas http://www.youtube.com/watch?v=_x0R0vFBHdE.

  2. um zero à esquerda 19/08/2009 às 2:16 #

    Que local mais adequado que uma igreja para esta interpretação? Obrigado Brandão. É sempre de qualidade, o teu contributo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: