Água potável para lavar as ruas?

2 Jun

Vi um camião cisterna da SUMA, empresa contratada pela Câmara do Porto para a área da limpeza urbana, a proceder à lavagem da minha rua, em apoio à actividade dos funcionários que regavam diligentemente o passeio com um potente aspersor.
Um dos amigos que se encontrava comigo, dirigiu-se a um funcionário e perguntou qual a cubicagem do camião e se a água utilizada era potável. Eram, segundo o funcionário, 25 000 litros de água potável. A quantidade de excrementos animais que se acumulam e outras razões de higiene e saúde pública, justificam a lavagem e nada me move contra o procedimento ou a empresa que presta esse serviço na observação dos termos do contrato estabelecido com a CMP.

Existem alternativas ao recurso à água potável para realizar o abastecimento de um camião cisterna. Não é apenas uma questão ambiental, é uma questão de economia e uma questão de ética no uso da água que nos vai faltar no futuro e falta a muita gente no presente. A água potável é, já hoje, um bem escasso, que vai rarear até se tornar um bem precioso, de acordo com a comunidade científica, no limiar do ano 2050. Não custa a acreditar, olhando ao ritmo a que desaparece massa gelada em ambos os pólos.

Depois de questionado, o funcionário da empresa ficou acabrunhado, como se de repente também para ele se tornasse clara a falta de sentido daquilo. Há perguntas que mudam a percepção das coisas, porque se este é um tempo em que se engarrafa e vende água da companhia em Nova Iorque e se lava ruas e passeios com água potável no Porto, algo nos escapou.

Anúncios

2 Respostas to “Água potável para lavar as ruas?”

  1. bulimunda 02/06/2009 às 20:06 #

    Com esta vida de stress..um dia destes ficamos todos assim…
    http://bulimunda.wordpress.com/2009/06/02/o-que-seria-a-nopssa-vida-sem-o-cafe/
    Vou agora ver a música…

  2. Manuel Brandão 03/06/2009 às 20:44 #

    É curioso que no Porto existem imensas fontes e nascentes de água, que produzem uma enorme quantidade de água. Será talvez sintomático que num concurso de ideias recente para encontrar novas funcionalidades para antigos depósitos já não usados, dos projectos premiados nenhum inclui soluções em que estes fossem usados para fins sustentáveis como por exemplo armazenar água da chuva para limpar ruas ou regar jardins..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: