“É uma questão de salvar a capacidade de nos preocuparmos”

24 Maio

“A maioria dos nossos cidadãos acorda de manhã e preocupa-se com a rotina matinal, em levar os filhos à escola, pagar a prestação da casa e pensar naquele carro novo ou numas férias. É uma escala de pensamento limitada para abordar os problemas que temos.”

Brock Dolman

Anúncios

6 Respostas to ““É uma questão de salvar a capacidade de nos preocuparmos””

  1. o moscardo socratico 24/05/2009 às 2:22 #

    global warming… veja o video em… http://www.osocratico.blogspot.com

  2. R.P. 24/05/2009 às 23:42 #

    Li hoje um artigo que reflectia sobre comunicação… quando escrevemos, escrevemos para alguém ler e com a necessidade de saber que alguém lê, se não, talvez não valha a pena…seria como um monólogo.
    Acho que pelos blogs passam muitas pessoas como eu, que lêem mas não comentam. Por isso nem sempre o que nos parece ser um monólogo, é.

    Assim como também nem sempre o que parece ser um pensamento limitado, é.

    • Um zero à esquerda 24/05/2009 às 23:51 #

      Sabe muito bem ler os teus comentários. Infelizmente, embora as visitas subam, os comentários são escassos. E é isso que põe em causa, faz pensar, constrói e debate opiniões. É um pouco como se a conversa de café reaparecesse por este meio. Para quem escreve, o feed-back e o debate entre os comentadores, é importante. Obrigado.
      PS! O problema é que mesmo essa escala limitada, a da sobrevivência, ocupa cada vez mais tempo da vida das pessoas e isso faz alastrar esta sensação de cansaço que vemos por todo o lado. É muito perigoso.

  3. Professora 31/05/2009 às 10:57 #

    Desculpem lá a intromissão…
    Mas não pude deixar de ler e dei comigo a pensar que a moderação dos comentários (os tempos de espera na publicação de um comentário e da eventual resposta) não me parece nada compatível com o que diz um zero à esquerda.

    “Infelizmente, embora as visitas subam, os comentários são escassos. E é isso que põe em causa, faz pensar, constrói e debate opiniões. É um pouco como se a conversa de café reaparecesse por este meio. Para quem escreve, o feed-back e o debate entre os comentadores, é importante.”~

    Evidentemente que abandonar a moderação de comentários/comentadores acarretaria riscos. Mantê-la é uma opção mais que legítima, mas limitadora das possibilidades enunciadas.

    Para reflectir.
    Para moderar e com liberdade para publicar ou não.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: